Você e seus funcionários têm qualidade de vida no trabalho?

Você já parou para pensar que, sem qualidade de vida no trabalho, todos os processos da sua empresa não andam?

Isso se explica devido à qualidade de vida estar ligada à definição clara das atividades dentro da empresa, a capacitação para realizá-las e o reconhecimento pela boa execução delas. Quando os funcionários não sabem o que fazer ou como fazer, eles se sentem desmotivados e fazem mau uso da sua jornada de trabalho.

E isso se aplica também a você, empresário. Se você vive apagando incêndios e quer se manter no controle de todas as operações da empresa, mesmo das quais não te dizem respeito, você não está tendo qualidade de vida. E isso também interfere nos resultados do seu negócio.

Por isso, eu, Marcelo Germano, fundador do EAG – Empresa Autogerenciável, vim falar sobre como você pode proporcionar aos seus funcionários e a você mesmo a qualidade de vida que vocês podem ter no trabalho, compartilhando um pouco do meu aprendizado como empreendedor. 

Te desejo uma excelente leitura e reflexão!

O que é qualidade de vida no trabalho?

Se você é um empresário que vive apagando incêndios e que promove um cenário de caos quando resolve se ausentar dela, você não tem qualidade de vida no trabalho e nem está propagando-a. 

A qualidade de vida no trabalho está ligada ao grau de satisfação dos funcionários – incluindo a sua – com relação ao ambiente e às atividades que são exercidas dentro da empresa.

Por isso, você, como dono de empresa, precisa trabalhar em um ponto essencial para trazer qualidade de vida a todos que trabalham em seu negócio: a cultura organizacional.

Fortalecer a cultura organizacional garante que você entenda o seu papel dentro da sua empresa, que é o de trabalhar na parte estratégica do negócio. Não tome a parte operacional para si. Ela é fruto do trabalho dos seus funcionários.

Quando você entende que a sua parte dentro da sua empresa é transmitir e alinhar a cultura organizacional, assim como desenvolver seus funcionários, você estará no caminho rumo à qualidade de vida no trabalho. Afinal, você também estará cumprindo a sua função enfim, de forma eficiente.

E digo mais, a qualidade de vida no trabalho também se desdobra em uma vida pessoal de alta performance. É algo que precisa estar presente em todas as áreas da sua vida, principalmente a sua, que move outras vidas.

Abaixo, seguem os motivos que fazem da sua empresa em ambiente que motiva seus funcionários a se sentirem bem, capazes e importantes.

Cultura organizacional e a qualidade de vida no trabalho

Cultura organizacional é o jeito como a empresa funciona. Quando bem desenvolvida e consolidada para todos os funcionários, ela se torna o principal componente que determina se essa empresa vai crescer ou se essa empresa será fadada ao fracasso. 

Vejo por aí empresários se queixando de características culturais dentro da própria empresa. Pois saiba que tudo o que é comum nela é um reflexo seu. É isso mesmo. Um dono que não é de muitos estudos, por exemplo, não pode cobrar que seus colaboradores sejam estudiosos.

Um dono desorganizado em processos não pode cobrar dos gestores melhor organização dos mesmos. Que espelho eles têm? Por isso digo que qualidade de vida no trabalho, tem tudo a ver com uma cultura organizacional bem definida, realista e que reflita os verdadeiros anseios do dono. 

Um ambiente que proporciona uma rotina saudável e bem alinhada, mesmo que intensa, gera resultados saudáveis também. 

Por isso, para sair do caos que a sua empresa se encontra, mantenha bem definida a cultura organizacional e faça com que os seus funcionários acreditem nela. Essa é a melhor ferramenta para começar a prosperar e a tornar sua empresa em autogerenciável.

E não se esqueça do propósito do surgimento da empresa, aquilo que faz seus olhos brilharem. Ele precisa fazer sentido e estar alinhado com o objetivo de vida de cada um ali dentro, pois quando um funcionário “compra” a sua ideia,  a missão da sua empresa se torna a de seus funcionários também.

E como transmitir a cultura para os meus funcionários?

Você já entendeu que trabalhar na cultura organizacional do seu negócio acarreta em maior qualidade de vida para você e para os seus funcionários.

A cultura organizacional bem trabalhada impacta na condução dos negócios da empresa, de forma que você e sua equipe entendam quais são os seus papéis dentro da organização. Desta forma, fica mais fácil trabalhar e atingir metas.

Por isso, resgate a missão, a visão e os valores que estão naquele quadro na sua sala. Depois, comece a pensar e estruturar como seus colaboradores podem estar alinhados com esses valores. 

O mais importante da essência de toda empresa, é que ela precisa ser ensinável. Daí surge o Ponto de Vista Ensinável, o PVE.

O que é PVE?

O PVE é uma ferramenta, no qual escrevemos qual a cultura que queremos ter na na nossa empresa. Esse é o ponto de vista que você tem sobre seu negócio. E você vai precisar compartilhar com todos os seu funcionário sobre tudo que você pensa e quer conquistar, para que ele, a cada dia, aja em prol de uma conquista maior.

Sem o desenho dessa ferramenta, vocês vão continuar falando línguas diferentes. Assim, os seus funcionários vão continuar se portando de uma maneira que você considera inadequada para o funcionamento da sua empresa.  

Para começar a entender um pouco mais sobre o PVE, recomendo um outro post meu sobre o assunto “Você sabe qual é o PVE da cultura da sua empresa?”, que pode te ajudar muito a saber por onde começar. 

Quando você já estiver aplicando o PVE na sua empresa, será notável observar a qualidade de vida no trabalho subir.

Considerações finais

A qualidade de vida no trabalho tem tudo a ver com a maneira que você e os seus funcionários se sentem em relação ao ambiente e às funções que são desempenhadas. 

Quando o ambiente de trabalho se mostra caótico, sem as funções bem definidas e com dificuldade de comunicação entre empresário e funcionários, isso acarreta em perda de qualidade de vida tanto para um, quanto para outro.

Por isso que a qualidade de vida está diretamente ligada à cultura organizacional. Uma cultura organizacional forte é aquela que define o jeito de funcionar da empresa, onde ela quer chegar no futuro e o comportamento que ela adota para alcançar esses resultados. 

E quando o dono da empresa consegue ser claro na transmissão dos seus valores, objetivos e metas, o trabalho passa a fazer muito mais sentido para todos. 

O EAG Empresa Autogerenciável foi criado para ajudar donos de empresas a acabar com o CAOS através de uma equipe autogerenciável.