Seu problema é falta de tempo? 4 dicas para otimizar a gestão da sua empresa

Muitos empresários se queixam de estarem atarefados demais, sem tempo para focar na vida pessoal e em melhorias para o seu negócio. Se esse é o seu caso, você já parou para pensar no porquê? 

Trabalhar muito não é sinônimo de trabalho duro. Tem muito empresário que demora para aprender isso e, desta forma, comete erros gravíssimos na gestão da própria empresa, que acabam levando muitas empresas ao caos. 

Se identificou? Calma que tem solução, Comandante. Eu, Marcelo Germano, fundador do EAG (Empresa Autogerenciável), vou passar 4 dicas infalíveis para otimizar a gestão da sua empresa, para que o tempo não seja mais um problema.

Pode ser para cuidar da sua vida pessoal, para cuidar do crescimento da sua empresa… o importante é saber administrar as suas horas para que se tornem, de fato, produtivas. 

Te desejo uma excelente leitura e reflexão!

Por que você está sem tempo?

Antes de passar as 4 dicas para otimizar a sua gestão empresarial, gostaria de trazer a seguinte reflexão: por que você está sem tempo? 

Muitos empresários trabalham 12, 14, 16 horas por dia e alcançam um determinado nível de sucesso fazendo isso. Porém, esses donos de empresa chegam em um ponto de estagnação. Mesmo trabalhando duro, eles não crescem mais.

Sabe por quê? Porque conforme a empresa começa a crescer, o dono tem que se livrar do trabalho operacional para começar a fazer a gestão da empresa.

Eu costumo dizer que se você trabalha muitas horas por dia no próprio negócio, você está fazendo o chamado trabalho burro. O trabalho burro é quando o dono está no papel errado do próprio negócio.

Ao invés de trabalhar para fazer a sua empresa crescer, esse empresário só vive de apagar incêndios, resolver pendências e acumular tarefas que poderiam ser feitas pelos funcionários. 

Aí você me diz: “Mas Marcelo, se eu sou o dono da empresa, eu sei, melhor do que ninguém, como fazer todas as operações dela”. 

Mais uma vez, engano seu. Para mostrar o porquê, vou te propor uma missão: liste os 10 maiores desafios do seu negócio. Você vai ver que não consegue resolver todos eles sozinho. 

Estou falando sobre conhecimento especializado. Toda empresa possui áreas que demandam habilidades específicas, que podem não ser as suas. Pode ser o marketing, o comercial, o financeiro… em alguma área, alguém vai saber mais do que você. 

Não dá para trabalhar sozinho. O empresário que acredita que vai levar a sua empresa ao sucesso acumulando tarefas, está enganando a si próprio e prejudicando o seu negócio. 

E, em 99% dos casos, é por isso que muitos empresários dizem que estão “sem tempo”, e não conseguem trabalhar no que realmente importa: fazer a sua empresa crescer.

Mas como fazer isso? Acompanhe.  

4 dicas para otimizar a sua gestão empresarial

Você viu que não dá para fazer todas as operações da sua empresa sozinho. Que esse é um fator extremamente prejudicial para a saúde da sua empresa, assim como para a sua própria saúde. 

Tem muito empresário que trabalha horas e horas por dia, e se esquece até de se alimentar, de dormir e de beber água. 

A consequência dessa sobrecarga é você viver à beira do estresse, e, consequentemente, levar a sua empresa ao caos. E um dos principais fatores que provavelmente te colocaram nesta situação hoje, é um fato muito simples: você não está delegando as demandas para os seus funcionários.  Como assim? Você está abraçando tudo, na tentativa de dar conta de resolver cada crise que aparecer, e não está passando tarefas para os seus funcionários. Não é exatamente isso que tem acontecido? 

E, olha, isso também é extremamente prejudicial para a sua imagem como líder, Comandante. Se você faz as tarefas pelos seus funcionários, você demonstra que não confia na capacidade, nem no trabalho deles.  

Agora que você já se identificou com a situação e viu que ela é extremamente problemática para a sua empresa, eu vou te mostrar 4 dicas para aprender a delegar as demandas e fazer sobrar tempo na sua rotina. 

  1.  Entenda que existem dois tipos de trabalho

Antes de sair delegando tarefas para os seus funcionários, é extremamente necessário que você entenda que existem dois tipos de trabalho: o operacional e o estratégico. 

O trabalho operacional é feito pelos funcionários da empresa, para entregar os produtos ou serviços aos clientes. É o famoso “colocar a mão na massa”.

Já o trabalho estratégico é feito pelo empresário, onde ele precisa alinhar constantemente a empresa à sua cultura organizacional, desenvolver e capacitar seus colaboradores e estar em contato com o mercado.

Em muitos casos, quando o empresário se desdobra para fazer além do trabalho estratégico, mas o operacional também, ele tem sua carga de trabalho desequilibrada. E o resto você já sabe. 

  1.  Confie na sua equipe

Agora que você já sabe que existem dois tipos de trabalho a serem executados em uma empresa, confie no trabalho realizado por sua equipe. Se você os contratou, é bem possível que você se identifique com a personalidade e com o trabalho daquelas pessoas. 

Aqui, eu destaco que é essencial prestar atenção nas contratações que estão sendo realizadas na sua empresa. Você precisa trazer pessoas alinhadas a cultura organizacional da sua empresa, para que elas sintam satisfação e motivação em trabalhar onde trabalham.

Por isso, cada vez que você toma o trabalho dos seus funcionários para si, é uma forma indireta de dizer que não confia neles e você não foca naquilo que vai fazer a sua empresa crescer. Além de deixar o seu time desmotivado, você acaba tornando esses funcionários totalmente dependentes de você. Afinal, só você sabe como faz. 

Isso é um grande problema, porque acarreta em uma burocracia de processos e na centralização das decisões do seu negócio. Comece a contratar pessoas de forma correta, treine seus funcionários e crie processos na empresa para que ela funcione em ordem. Isso já é parte do caminho andado rumo à uma empresa autogerenciável. 

  1.  Delegue tarefas

Pronto! Chegamos à parte que vai mudar o cenário de sua empresa. Além da atenção na contratação e no treinamento de seus funcionários, é hora de delegar demandas para eles cumprirem.
Você tem questões estratégicas para lidar na gestão da sua empresa. Por isso, tudo o que for voltado à parte operacional, deixe outra pessoa fazer. Você apenas acompanha e dá feedbacks quanto ao que está sendo feito. Assim, você mostra confiança em seus colaboradores, reconhece o trabalho deles e diminui a sua sobrecarga de trabalho, focando no que realmente importa.

Temos um vídeo em nosso canal que mostra como fazer isso na prática:



  1.  Apoie os seus funcionários

Sim, você tornou a sua equipe mais independente ao delegar tarefas. Mas, dentro do seu papel estratégico, dentro do seu papel como líder da sua empresa, também entra a capacitação e o apoio a esses funcionários. Eles estão mais independentes, mas não estão sozinhos.

Quando disse acima para treiná-los e torná-los ainda mais capazes de desempenhar seus papéis dentro da sua empresa, quis dizer que você deve manter uma constante troca com cada integrante de sua equipe. Alguns funcionários vão ser mais maduros, ou seja, possuem maior autonomia. Outros vão ser mais imaturos, ou seja, vão precisar mais da sua ajuda. 

E como líder do seu negócio, você vai precisar identificar um desses dois perfis em cada integrante da sua equipe. É possível transformar os funcionários imaturos em maduros, a partir da capacitação: estabelecer metas e prazos diários para serem cumpridos por eles, e, depois, analisados por você.  

Quando se tem esse feedback constante, a tendência é que esse funcionário imaturo consiga, com o passar do tempo, a desenvolver maior autonomia, tornando-se um funcionário maduro. E, com esse tipo de colaborador, a postura a ser adotada já é outra.

Você não precisa estabelecer metas e prazos diários para um colaborador maduro. Na realidade, você vai pedir para ele estabelecer as próprias metas e prazos. O seu papel como líder, neste caso, vai ser o de aceitar ou de questionar aquele objetivo, “limpando” possíveis barreiras que possam aparecer no caminho. 

Saber capacitar e apoiar os seus diferentes funcionários vai torná-los profissionais e pessoas mais confiantes, autônomas e capazes de realizarem um trabalho de excelência, sem dependerem o tempo todo de você. 

Considerações finais

Se você se sente muito atarefado e sem tempo para cuidar da própria empresa, é bem provável que você esteja enfrentando alguns ruídos na gestão empresarial. E é totalmente possível mudar esse quadro, a partir de como você trata os seus funcionários. Eles estão ali por uma razão, e não apenas para enfeitar. 

Delegar tarefas para sua equipe é a forma mais eficaz de fazer com que eles trabalhem com motivação no seu negócio, e de fazer com que você foque o seu escopo de trabalho em questões estratégicas e voltadas para o crescimento da sua empresa. 

Dessa forma, vai te sobrar tempo para fazer o que quiser. E, assim, você vai observar, dia após dia, a sua empresa sair de um cenário de caos, para um cenário estável e de crescimento. 

Lembre-se: você, empresário, não trabalha sozinho, mas sim com toda a sua equipe. E esta já é uma visão estratégica do próprio negócio: trabalhar duro para o seu time entregar de forma autônoma e para que você tenha tempo para ser dono da empresa. 

O EAG Empresa Autogerenciável foi criado para ajudar donos de empresas a acabar com  o caos em que seus negócios se encontram e torná-los autogerenciáveis.