Que tipo de líder você é e como isso impacta no sucesso do seu negócio?

Talvez você nunca tenha se dado conta, Comandante, mas existem diversos tipos de liderança que fazem total diferença no rumo e nos resultados de uma empresa. 

Se o seu negócio não está colhendo os frutos esperados, comece a repensar na sua gestão, principalmente se você vive apagando incêndios e centralizando todas as tarefas para si. 

Para mostrar o que um verdadeiro líder faz e como isso influencia no sucesso da empresa, eu, Marcelo Germano, fundador do EAG – Empresa Autogerenciável, preparei este texto capaz de mudar a vida do seu negócio. Salve e consulte sempre que precisar. 

Boa leitura e mãos à obra!

O que é a liderança?

Muitas pessoas acreditam que o fato de você contratar pessoas já te torna um líder. Também há quem acredite que liderança se aprende na escola ou na faculdade. Mas não é bem assim. Neste vídeo, você poderá entender, ainda melhor, esse conceito equivocado:

Na realidade, o que torna alguém em um líder é a conquista do direito de liderar as pessoas. Eu falo que liderança é uma permissão. A pessoa permite, ou não, que você a lidere. 

E você ser o dono da empresa não interfere nisso. Veja neste exemplo: você reúne os funcionários e apresenta um plano. Se o seu time comprar essa ideia, isso quer dizer que ele está permitindo que você os lidere. Eles acreditam em você.

Por outro lado, se você apresenta esse mesmo plano, mas não recebe o entusiasmo que gostaria, isso quer dizer que as pessoas não compraram a sua ideia e, consequentemente, que elas não permitem a sua liderança. 

Quais são os tipos de liderança mais comuns?

Existem alguns tipos de gestão que são muito comuns. Portanto, conhecê-los é importante para você descobrir com qual você mais se identifica e qual mais se encaixa no seu negócio. Veja a seguir:

Gestão centralizada

Sabe aquele líder autoritário, que quer estar no comando de tudo e acredita que só ele consegue dar conta do recado? Isso significa que esse tipo de pessoa exerce uma gestão centralizada, concentrando todas as decisões em si e excluindo o seu time desse processo, o que gera insatisfação nos funcionários. 

Geralmente, esse dono de empresa tem muita dificuldade em delegar tarefas e assume todo o trabalho operacional, que deveria ser feito pelos seus colaboradores. Esse tipo de atitude compromete completamente a sua gestão empresarial, já que o verdadeiro líder precisa se concentrar em fazer a empresa crescer ao exercer tarefas estratégicas. 

Gestão democrática

Esse tipo de gestão ocorre quando o líder inclui os demais liderados nas suas decisões, consultando as suas ideias, dividindo as suas responsabilidades e oferecendo feedbacks construtivos. 

Essa troca é essencial para o restante da equipe, que se sente incluída na construção dos resultados da empresa e motivada a entregar um trabalho bem-feito. 

Agindo dessa forma, o líder tem mais tempo para focar na expansão do seu negócio, porque delega as tarefas operacionais aos seus funcionários e foca em planejar as ações, as estratégias e implantar as melhorias para a sua empresa crescer. 

Gestão meritocrática

Quem aposta nesse tipo de gestão consegue administrar a empresa por meio da meritocracia, incentivando os funcionários a produzirem mais e de forma melhor, promovendo o crescimento deles. 

Dessa forma, a equipe se sente engajada em entregar resultados que superem as expectativas e reconhece o seu trabalho como parte fundamental do crescimento da empresa. 

Qual tipo de liderança é a melhor?

Entre os meus 17 e 24 anos, eu trabalhava com o meu pai. Desde essa época, eu gostava de reunir as pessoas, de contar sonhos e conversar sobre onde eu queria chegar e o que a gente tinha que fazer para ser melhor do que a concorrência. Naquele tempo, eu ainda não tinha metodologia, mas sempre tive esse conceito de liderança atrelado aos meus valores.

Vale lembrar que liderança não é um cargo, mas sim uma habilidade que a gente desenvolve. Para mim, o que faz de alguém um bom líder é a capacidade de tirar resultado das pessoas. 

Eu não acredito em sorte, eu acredito em meta, plano de ação e execução. Quando levo essa ideia para o conceito de liderança, isso quer dizer que um bom líder bate meta com o time fazendo certo. Utilizando as metodologias necessárias: dá feedbacks, recruta, treina, manda embora e tem conversas difíceis. Não importa seu estilo.

Veja bem, Comandante: lideranças são sempre feitas de conversas. 

Um tipo de conversa é aquela em que você relembra as pessoas do objetivo da empresa. Dessa forma, você pede para elas realizarem tarefas que cheguem a esse objetivo. Uma vez que se sabe o que cada um deve entregar, fica muito claro qual é o tipo de comportamento e quais são as competências que o seu funcionário deve ter. 

Outra conversa fundamental é aquela em que você procura desenvolver o seu funcionário. Isso pode ser: parabenizando as suas conquistas, como também pode ser um feedback honesto e sincero sobre o que pode ser melhorado. Afinal, você não desenvolve ninguém só com tapinhas nas costas.

O principal ponto dessas conversas é: um líder precisa desenvolver pessoas para conseguir extrair os resultados esperados. 

Como a liderança influencia no sucesso do meu negócio?

Essa influência é gigante porque uma empresa é feita de pessoas. Se você desenvolvê-las, elas vão acreditar no seu sonho e produzirão os resultados que você tanto deseja.

Mas esse não é o único ponto. Para atingir esses resultados, todo dono de empresa deve focar em formar outros líderes de sucesso. 

Se você for o único líder de uma empresa com 30 pessoas, por exemplo, você estará extremamente sobrecarregado. Você precisa ter líderes abaixo de você, que provavelmente vão desenvolver outros líderes conforme a empresa for crescendo. Isso está associado a uma técnica chamada método da cumbuca. Também falo disso lá no meu canal e posso fazer um post especial sobre isso por aqui.

Considerações finais

Espero que você tenha descoberto qual é o seu tipo de liderança e o que um bom líder deve fazer dentro do próprio negócio: conquistar o direito de liderar, conversar e desenvolver novos líderes. Afinal, é exatamente esse tipo de pessoa que vai ajudar o seu negócio a prosperar.

Para anotar: as melhores empresas sempre lideram com valores compartilhados e não com regras. Afinal, a melhor estratégia do mundo com as pessoas erradas vai falhar sempre e uma estratégia que não é a melhor do mundo, mas com as pessoas executando com disciplina e determinação, vai sempre ganhar da concorrência.

O EAG Empresa Autogerenciável foi criado para te ajudar a assumir o Comando do seu negócio e construir uma equipe que funcione sem depender de você.