Pagar Remuneração Variável Pode te Dar Mais Resultados

A remuneração variável pode ser entendida como uma estratégia para atrair talentos.

No entanto, é mais do que isso.

É, também, uma forma de compensar os resultados do maior ativo da sua empresa:

As pessoas.

E você pode até falar: “Mas o maior ativo são os clientes.”

O que eu tenho a perguntar, nessa situação, é o seguinte:

Quem está na linha de frente, do campo de batalha?

Quem está atendendo os seus clientes?

Pensa um pouco, quem está vendendo e lidando com os clientes no dia a dia?

E a resposta é: os seus colaboradores.

Por isso é importante que alinhar algumas coisas, que vou abordar agora.

Definindo o salário

Antes de mais nada, é preciso definir o salário do cargo na sua empresa.

Para isso, o RH deve fazer bastante pesquisa para saber a média que o mercado paga para profissionais do cargo em questão.

A partir disso, o RH poderá não só definir o quanto a pessoa vai receber, ao ocupar o cargo.

Mas também, terá material para ajudar a estruturar um plano de carreira.

Então, ao saber qual a média que o mercado paga para o cargo X…

O próximo passo é definir se a sua empresa pagará:

  • Um salário acima da média de mercado;
  • Na média salarial do mercado;
  • Ou abaixo da média salarial do mercado.

Aqui, é importante ressaltar que ao pagar um salário abaixo da média do mercado…

É preciso pagar remuneração variável para o colaborador de outras formas.

Vale ressaltar que pagar benefícios como VR e VA não é uma forma de remunerar e atrair talentos.

Porque nos dias de hoje, com a experiência que eu tenho, isso é o mínimo que toda empresa deve pagar.

Quando se fala em remunerar de outras formas…

Eu falo, por exemplo, de pagar remuneração variável.

No time comercial, por exemplo, você pode pagar um salário fixo + comissão por vendas.

Daí você vai falar para a pessoa:

“Olha, nós pagamos abaixo da média salarial do mercado.

Mas se você atingir as metas, no fim das contas, você vai ganhar mais do que a média salarial.”

Lembrando que a clareza deve fazer parte de todo o processo.

Assim, a pessoa saberá o que ela é paga para fazer, o que ela precisa fazer e como será recompensada, se atingir as metas estabelecidas.

Outra forma de pagar remuneração variável é, ao final do mês, do semestre ou do ano…

Ao atingir a meta de lucro estabelecida, você pode pegar uma parte dessa fatia e distribuir com os colaboradores.

E você pode distribuir na forma de décimo quarto, por exemplo, se decidir pagar remuneração variável da meta anual.

Mas para fazer isso…

É necessário ter:

  • Uma cultura de execução;
  • Cultura que atinge resultados;
  • Metas definidas;
  • Um plano de carreira.

Ou seja, para você ter os resultados que você quer e que a sua empresa precisa…

É preciso investir nesse ativo tão valioso e único, que são as pessoas do seu time.

Porque você definir um salário abaixo da média do mercado, e não pagar remuneração variável…

As pessoas não vão engajar na sua empresa e, consequentemente, não vão atingir resultados.

E se você faz isso, você pode tomar dois caminhos.

O primeiro é continuar do jeito que está.

E se você decidir trilhar nesse caminho, não reclame dos seus números…

E muito menos da sua equipe não entregar resultados.

Já o segundo caminho, é tomar uma ação e construir uma equipe que atinge resultados.

E para isso, você pode clicar aqui para conhecer mais como eu posso te ajudar a fazer isso.

Vai lá!