Onde eu registro o pró-labore?

O Pró-Labore entra no DRE? Ou no Balanço Patrimonial?

Caro Comandante,

Eu recebo frequentemente diversas perguntas sobre o pró-labore.

E hoje, eu vim esclarecer um pouco mais sobre pró-labore e distribuição de lucro.

Então, antes de mais nada…

Vou explicar o que é pró-labore.

De forma bem resumida, o pró-labore é o salário do dono.

Porque assim como seus funcionários, ele também recebe salário.

Mas antes de definir o seu pró-labore, eu sugiro que você consulte um contador.

Isso porque existem algumas regras específicas para o pró-labore.

E para não haver dores de cabeça futuras, é melhor você se certificar de que está fazendo da maneira correta.

E para quem ainda confunde…

Pró-labore é diferente de distribuição de lucros.

E para entender isso, é muito simples:

O pró-labore é uma despesa que a empresa tem, pois o dono precisa ter um salário, assim como seus funcionários.

Portanto, o pró-labore entra como despesas de pessoal.

Já a distribuição de lucro não é uma despesa.

É uma divisão entre os sócios, investidores e acionistas, do lucro da empresa, que é calculado depois do DRE.

Para quem não sabe, o DRE é a Demonstração do Resultado do Exercício.

Nele consta o resumo de todas as operações financeiras da empresa, como receitas e despesas, a fim de mostrar se você teve lucro ou prejuízo, no final das contas.

Ou seja:

Enquanto o pró-labore entra nos registros do DRE…

A distribuição de lucros acontece depois do cálculo do DRE, e entra nos registros do balanço patrimonial.

E aí a distribuição de lucro acontece conforme os acordos feitos entre os envolvidos:

O lucro é dividido entre o dono e os sócios, acionistas e investidores, a partir do cálculo de um determinado período e porcentagem de participação.

Mas o quê exatamente eu preciso fazer com o pró-labore?

Olha, eu acredito que o correto é:

Colocar o pró-labore na área Gerencial do teu DRE, mais especificamente no campo de Despesas de Pessoal.

Mas para te dar uma força…

Vou te dar um exemplo de como organizar o seu pró-labore:

Vamos supor que, depois de analisar o financeiro, você determinou que o seu pró-labore será R$ 8 mil.

Então, você irá pegar o seu DRE e, no campo descrito como Gerencial, você vai encontrar o subcampo denominado como Despesas de Pessoal.

Você vai encontrar os salários dos teus funcionários, e é lá que você registra o teu pró-labore.

Afinal de contas, o pró-labore é o salário do dono da empresa, que é uma despesa da empresa, assim como os salários dos funcionários.

Agora, vamos supor que houve uma distribuição de lucro, e foi de R$ 5 mil.

Vai entrar no DRE, assim como o pró-labore?

Não, porque a distribuição de lucro acontece após o cálculo do lucro.

E para calcular o lucro, é preciso antes subtrair as despesas das receitas, que inclui o salário do dono, o pró-labore.

Se você coloca a distribuição de lucro como despesa, ou seja, se você coloca no DRE…

Você está fazendo errado.

Distribuição de lucros não é o salário do dono…

E por isso deve constar no Balanço Patrimonial.

Se você quiser entender mais sobre o pró-labore, eu vou deixar esses vídeos abaixo:

Se você lembrou de alguém que tem dúvidas sobre pró-labore, compartilha!

Nós temos muito conteúdo gratuito disponíveis no YouTube, Instagram e Spotify.

Vai lá!