Não Misture o Dinheiro da Empresa com o Seu

Pagar contas pessoais com o dinheiro da empresa é um grande erro.

E é um erro que vejo muitos empresários cometendo.

Quando o negócio ainda é pequeno, é natural misturar o dinheiro da empresa com o dinheiro do dono…

Porque às vezes essa parece ser a única saída.

Mas se você continuar fazendo isso para sempre…

Vai acabar destruindo tudo que já construiu.

Se você não entendeu, continue lendo…

Vou te explicar tudo aqui nesse post.

Vamos lá!

O dinheiro da empresa deve permanecer na empresa

Eu, Marcelo Germano, gosto muito de repetir o seguinte:

O óbvio precisa ser dito.

Então, por mais que pareça mesmo óbvio que o dinheiro deve ser reinvestido na empresa…

Sempre é importante reforçar…

Quando se trata de gestão financeira da empresa, existem quatro regras básicas:

  • Faturamento é vaidade;
  • Lucro é sanidade;
  • Caixa é rei;
  • E a gestão de tudo isso é a rainha.

Ou seja, para a gestão financeira ser efetiva, você precisa prestar atenção nesses quatro pontos.

E ainda mais importante é o seguinte:

Os números não mentem.

Para fazer a gestão financeira, você precisa ter os números do seu negócio.

Por isso, se você colocar nos números algo que não faz parte das finanças da sua empresa…

Você distorce toda a gestão.

Não pague seus luxos com o dinheiro da empresa

Aqui no EAG, a possibilidade de eu pagar um boleto pessoal com o dinheiro da empresa simplesmente não existe.

Porque tenho noção do quanto isso vai prejudicar minha gestão financeira.

Por exemplo:

Há algum tempo, comprei uma lente fotográfica nos Estados Unidos para o EAG.

Apesar da lente ser usada no trabalho, é um luxo meu.

O dinheiro para o pagamento saiu do meu próprio bolso.

Pois hoje eu entendo que os números realmente não mentem.

E se eu colocar despesas pessoais no DRE da minha empresa…

Vou tomar várias decisões erradas…

Porque essas decisões foram baseadas em números errados.

Então, no final dos dias os números não vão mentir para você.

E você precisa dos números corretos para tomar decisões estratégicas.

Por isso, não misture o seu dinheiro com o dinheiro da empresa.

E mantenha sua gestão financeira efetiva.

Se você precisar de ajuda com as finanças da sua empresa, faça sua inscrição no Programa EAG.

É só clicar aqui.