Gestão do tempo fora da empresa: você faz?

Infelizmente, ainda tem muito dono de empresa desorganizado e que não costuma planejar a sua gestão de tempo. E se ele não consegue determinar a sua rotina dentro da empresa, imagine fora dela? 

Por isso, Comandante, o planejamento dentro e, principalmente, fora do próprio negócio é fundamental para você tocá-lo de forma eficiente. Da mesma forma que você planeja as suas reuniões com clientes e fornecedores, você também deve planejar as obrigações, os compromissos e até mesmo os momentos especiais em família. 

Quer saber como fazer isso? Então continue lendo este texto que eu, Marcelo Germano, fundador do EAG – Empresa Autogerenciável, mostro como conciliar e equilibrar a sua vida pessoal e profissional, e sem passar sufoco. 

Vamos lá? Boa leitura e mãos à obra!

Qual é o papel do dono de empresa?

Tem muito dono que trabalha 12h, 14h, 16h por dia, vive apagando incêndios e está sempre estressado. Ele pode até achar que esse é o papel do dono de empresa, mas ele está profundamente enganado.

Na realidade, o papel do dono é conduzir a empresa rumo à visão e à missão da empresa. Para que ele possa fazer isso, primeiro ele tem que ter muito claro qual é essa visão e qual a missão daquele negócio. 

Em seguida, ele precisa definir as estratégias que vão ditar aonde ele quer chegar, a fim de desenvolver as pessoas para alcançar os seus objetivos. E essas estratégias são nada mais, nada menos, do que o foco que ele quer ter na própria empresa. 

Foco: o grande aliado para fazer as atividades externas

Comandante, tanto eu quanto você temos as mesmas 24 horas que o Bill Gates ou que o Jorge Paulo Lemann. E se eles conseguiram equilibrar a gestão de tempo deles, você também consegue. Sabe como? Tendo foco.

E não tem jeito: as demandas externas, como ir ao médico e marcar a revisão do carro,  sempre vão existir e vão precisar ser executadas. Só que elas podem ser verdadeiras sugadoras de tempo se você não tiver foco, nem prioridade para lidar com elas, fazendo com o que dia fique pequeno para você e comece a sugar a sua energia, o que é um atributo essencial para qualquer dono de empresa. 

Por outro lado, quando você estabelece prioridades e sabe o que (e quando) precisa ser feito, você consegue trabalhar em flow e vê os resultados aparecerem. E não tem jeito, Comandante: nós, donos de empresa, ficamos mais animados e motivados quando vemos os resultados.

Como planejar as atividades e fazer gestão do tempo fora da empresa?

  1. Defina o seu foco

O primeiro passo é definir o seu foco. Para mim, Marcelo, o meu foco são as minhas filhas. Eu faço o que faço por causa delas. Por isso, eu monto o meu calendário com elas para, depois, montar o meu calendário de trabalho. 

Eu sempre procuro saber, de antemão, os dias das apresentações de escola para comparecer em todas. Quando eu tenho essas datas, aí sim eu consigo organizar o restante da minha agenda pessoal e profissional.

  1. Aprenda a dizer não

Quando você tem foco, você aprende a dizer “não”. Essa é uma grande dificuldade para muitos donos de empresa, que querem abraçar o mundo com as próprias pernas. 

Mas isso não dá, Comandante. Tem coisas que não são estratégias, nem prioridades, nem o seu foco naquele momento. E quando você estabelece o que precisa ser feito, você consegue dizer “não” sem culpa. 

  1. Tenha uma agenda

Imagine que vergonha marcar um compromisso, esquecer de comparecer e ter que se desculpar depois. Fora a vergonha, isso mostra que você não consegue cumprir o foco daquilo que você prometeu, podendo te deixar ainda mais frustrado e ansioso. 

A boa notícia é que isso pode ser evitado se você tiver uma agenda, que vai ser a sua melhor amiga tanto para as suas obrigações dentro da empresa quanto para você efetuar a sua gestão de tempo fora dela. 

Nela, você precisa anotar todos os seus compromissos: calendário escolar dos filhos no semestre ou ano, férias escolares ou do companheiro (a), semanas de Natal e Ano Novo, apresentações escolares ou esportivas, agendamento de exames, compromissos de casa e do carro, ou seja, tudo precisa estar mapeado, assim como os compromissos da empresa.

E sabe uma coisa que eu aprendi ao longo do tempo? A gente deve planejar, pelo menos, 60% da semana, incluindo os compromissos externos e os momentos especiais em família. Sabe por quê? Porque é necessário deixar um espaço livre para o imprevisto, porque imprevistos acontecem e, por isso, não dá para preencher 100% da agenda. 

  1. Se for possível, tenha apoio de uma secretária 

Você também pode ter uma secretária para ajudá-lo (a) a marcar compromissos tanto dentro quanto fora da empresa, solucionando o problema dos “sugadores de tempo”.

No meu caso, eu tenho a Retiele, que é a minha secretária pessoal. Ela me ajuda com todas as minhas demandas pessoais e profissionais, porque eu não tenho tempo para marcar reuniões, exames e demais compromissos. Com o apoio dela, eu consigo ter um único trabalho: focar no crescimento das minhas empresas e performar em alta qualidade.

Neste vídeo, eu convidei a Retiele para falar um pouco mais sobre o seu trabalho e como eu consigo efetuar a minha fora da empresa com o apoio dela:

Considerações finais

Tudo na vida é questão de prioridade. Se o dono de empresa trabalha 12h, 14h, 16h por dia, é capaz de ele fazer isso porque ele talvez nem saiba qual é a sua prioridade, e nem como encaixar a sua vida pessoal nisso.

Quem está nessa correria todos os dias não sabe que existe a possibilidade de priorizar a agenda da família, porque a sua vida se tornou a empresa. E quem vive no operacional e apagando incêndios trabalha de maneira reativa, em vez de trabalhar de forma inteligente, organizando uma gestão de tempo eficaz e, acima de tudo, saudável. 

Entenda, Comandante, quem vive para a própria empresa não tem foco, não toma as melhores decisões, vive sempre cansado e estressado e, consequentemente, entra numa estagnação que impede o próprio negócio de crescer e atingir resultados. Então, tome muito cuidado para não entrar nessa furada que pode lhe custar a sua vida pessoal e profissional. 

O EAG Empresa Autogerenciável foi criado para te ajudar a acabar com o caos da sua empresa e a construir uma equipe autogerenciável que funcione sem depender de você.