Como saber se o funcionário está fazendo o que precisa ser feito

Conversando com um cliente nosso que tem uma empresa que vende coisas para a indústria de panificação, eu fiz uma pergunta para ele: você está gastando sola de sapato?

Não no sentido de ir lá na operação fazer venda, mas de olhar para ver se o seu funcionário está executando suas funções do jeito certo, de maneira prática e efetiva.  Ele esse cliente me respondeu que não, que só ficava no escritório. E isso é um problema. 

Como treinar meu funcionário de forma simples e barata

Como saber se o funcionário está fazendo o que precisa ser feito

Por exemplo, quando o cliente entra na loja, o funcionário tem um comprimento definido no processo, como um “bom dia” com alegria, com sorriso no rosto, uma forma definida de como abordar. Outra coisa, a postura do funcionário é de extrema importância.

Quando o cliente entra na sua loja, você tem que ter uma determinada postura. Se o seu funcionário tem uma postura errada, ele vai passar uma imagem inapropriada para o cliente. Postura é uma coisa fundamental.

E uma das formas de você se certificar de que o seu funcionário está atendendo o cliente da forma apropriada é gastando sola de sapato.

Você pode gastar sola de sapato assim, por exemplo: você tem a sua jornada do cliente, todo um processo de como esse cliente entra dentro da loja.

Como ele se movimenta, o que ele compra, o que acontece na hora que ele entra na sua loja, o que acontece quando ele sai, o que acontece na hora que ele recebe o pedido… você tem tudo isso desenhado porque você quer entregar uma experiência positiva para esse cliente. Dessa forma, você desenha um treinamento e treina as pessoas.

Uma coisa que acontece muito é o empresário achar que pelo fato dele ter desenhado toda a jornada e de ter treinado as pessoas tudo isso efetivamente vai acontecer na prática. Empresário, caso você queria uma dica de como capacitar o seu funcionário, leia esse post que também escrevemos.

Pode ser que aconteça ou pode ser que não aconteça. Mas eventualmente, não é todo o santo dia que o dono da empresa tem que gastar sola de sapato para ver se isso está de fato funcionando.

Uma coisa eu sempre falo: o verbo não é CONFIAR, é CONFERIR. Você precisa estar de tempos em tempos verificando se os processos na sua empresa estão de fato acontecendo da forma que foi alinhadas com os seus funcionários.

Empresário, eu te faço uma pergunta: você gasta sola de sapato na sua empresa? Não? Sim? Diga aqui nos comentários.

E caso você conheça algum dono ou dona de empresa que precise gastar sola de sapato nas suas respectivas empresas, recomende esse post. Compartilha com esse empresário porque essa técnica simples pode salvar o seu negócio.