Como o planejamento semanal pode salvar você e seu negócio

Se você trabalha 12, 14, 16 horas por dia no próprio negócio, mas sente que não sai do lugar, que os processos continuam empacados… é bem provável que você esteja tendo dificuldades de organização. 

E a dificuldade de organização anda muito alinhada com a vontade de querer fazer tudo sozinho, sem delegar as tarefas para os seus funcionários. Isto é um claro sinal de falta de gestão de equipe.

É o seu caso? Então você precisa ler esse texto que eu, Marcelo Germano, fundador do EAG Empresa Autogerenciável, preparei. Aqui, vou te mostrar a melhor ferramenta de organização que pode salvar você e seu negócio: o planejamento semanal alinhado com reuniões efetivas. 

Te desejo uma excelente leitura e reflexão!

O cenário caótico de um empresário

Nesse texto, eu vou explicar como o planejamento semanal e uma boa gestão de equipe podem ajudar a sua empresa a crescer. 

Mas, antes, gostaria de exemplificar o cenário caótico de um empresário que acredita que está ajudando o seu negócio, sendo que, na realidade, está prejudicando a própria empresa. 

Vamos imaginar que, motivado por um sonho, você conseguiu abrir a sua empresa. Nesse começo, você trabalhou por várias horas seguidas. Afinal, estava disposto a fazer sua empresa dar certo.

E assim foi feito. Sua empresa começou a atrair clientes e a ganhar fama na região. Só que, no momento em que ela começou a crescer, você passou a enfrentar algumas dificuldades. Eram reclamações de clientes, funcionários desmotivados… e você precisou trabalhar ainda mais para dar conta desses desafios.

Nisso, você começou a acumular muitas tarefas. Todos os dias, você chegava a trabalhar mais de 12h exclusivamente no próprio negócio, para apagar todos os incêndios que chegavam na empresa.

Só que, com isso, você começou a ficar sobrecarregado de trabalho, e muito cansado. Você perdeu a sua vida pessoal, só pensava em apagar incêndios na empresa, e de tabela corria risco de ficar doente por conta desses agravantes. 

Além de deteriorar a sua saúde, sem perceber, você também estava deteriorando a saúde da sua empresa. 

Tem muito dono de empresa que acha que, quanto mais trabalhar, mais a sua empresa cresce. Mas isso é uma grande mentira.

Por que? Porque, ao invés de trabalhar para fazer a sua empresa crescer, você está trabalhando para fazer a sua empresa funcionar. você só vive de apagar incêndios, resolver pendências e acumular tarefas que poderiam ser feitas pelos funcionários. Inclusive, agindo dessa forma controladora, você está pecando nas suas habilidades de liderança e deixando de desempenhar o real papel de um dono de empresa.

Desta forma, nenhum negócio consegue prosperar. Inclusive, é exatamente neste cenário em que muitas empresas vão à falência. E muito dono de empresa chega a se perguntar o porquê, já que trabalhava demais no próprio negócio.

É lógico que é necessário fazer um trabalho duro para promover o crescimento de sua empresa. Mas trabalhar duro não é sinônimo de trabalhar muito. Na verdade, trabalhar muito, dessa forma como exemplifiquei, é sinônimo de desorganização e falta de prioridade. 

Se você se identificou com a história que eu te contei aqui… Se você percebeu que você apaga mais incêndios dentro da sua empresa do que faz o trabalho duro… Então preste atenção em algo que vai mudar o cenário da sua empresa: o planejamento semanal.

Planejamento semanal pode salvar o seu negócio

Como eu disse acima, muitos empresários sofrem com a falta de organização e não conseguem estabelecer prioridades dentro da sua empresa.

Isso faz com que esses donos de empresa entrem em rotinas caóticas, trabalhando exaustivamente, horas e horas sem parar, comprometendo a própria saúde, bem como a saúde de seus negócios.

Uma solução para resolver esse problema é o planejamento semanal. Isso consiste não só em organizar a sua agenda para delimitar o que precisa ser realizado nos próximos 7 dias, mas também na forma como você se reúne com os seus funcionários para cobrar o que precisa ser feito.

Lembre-se: você não tem que resolver tudo sozinho. Você, empresário, é exclusivamente responsável pelo trabalho estratégico de sua empresa. Ou seja, na tomada de ações que fazem essa empresa crescer. Os seus funcionários trabalham na parte operacional, que é a de entregar resultados para o cliente.

Entendeu que você precisa da ajuda dos seus funcionários para fazer a sua empresa crescer? Vocês são um time. Por isso que você precisa se reunir com os funcionários para delegar tarefas. Essa gestão de equipe é fundamental para fazer a sua empresa prosperar. 

Então, para alinhar seus funcionários com o que deve ser feito, você precisa realizar uma programação semanal e você acessa a ferramenta para colocar em prática AQUI. Inclusive, organizar reuniões efetivas é um indicativo de que você, como líder, sabe realizar uma boa gestão de equipe. Vou explicar como a seguir.

Gestão de equipe: como realizar reuniões eficientes

No dia a dia de muitas empresas, as pessoas organizam esses encontros o tempo inteiro. Em muitas das vezes, essas reuniões são desnecessárias e fazem com que a gente perca tempo de qualidade para trabalhar em ações realmente importantes para a empresa.

Se você passa por muitas reuniões na sua empresa que não têm sido produtivas, eu vou passar o que faço para extrair o máximo possível das reuniões, tornando-as efetivas para o crescimento do meu negócio. Com isso, eu acabo realizando um bom trabalho de gestão de equipe, fortalecendo minhas habilidades como líder.

O primeiro passo para se ter reuniões mais efetivas é marcar poucas reuniões semanais, assim como ter hora para começar e para terminar esses encontros. Eu, por exemplo, marco uma reunião com meu time que trabalha presencialmente e com o time que trabalha remoto.

Outra coisa muito importante é criar uma pauta e uma ata de reunião. A pauta de reunião eu realizo antes do encontro, onde eu coloco o assunto que será abordado naquele momento. 

Já a ata de reunião é feita após o encontro. É onde eu coloco a data da reunião, quais foram as pessoas que participaram e quais as ações que foram tomadas ali. 

Uma nova reunião sempre será consequente à anterior. Ou seja, logo no começo, você precisa pegar a ata da reunião anterior e olhar quais foram as ações abertas: tanto as que estão para vencer, como as que venceram, e ver o que foi cumprido ou não. 

Desta forma, você consegue cobrar da sua equipe os entregáveis que eles deveriam ter feito. Assim, todo mundo começa a semana sabendo quais são os resultados que precisam ser entregues na próxima semana. 

Considerações finais

Muitos donos de empresa perdem horas de trabalho valiosas, quando trabalham exaustivamente no próprio negócio. Isto porque acabam fazendo tudo sozinhos, sem passar tarefas para os seus funcionários. 

A consequência? Falta de organização e de planejamento, resultando em um cenário de caos total. 

Vale lembrar que um trabalho duro não é medido de acordo com a quantidade de tempo gasto, mas sim com a qualidade desse tempo. Por isso, ao invés de trabalhar sozinho, lembre-se de que um dos seus papéis como líder é executar a gestão de equipe. E seus funcionários devem entregar resultados, a partir de tarefas que você delegou para eles.

Por isso, a melhor forma de conseguir se organizar é ter um planejamento semanal que abrace as reuniões que são feitas com a sua equipe. Mas essas reuniões precisam ser efetivas, tendo foco no que precisa ser feito para alcançar resultados. 

Conseguindo se organizar e transmitir aos seus funcionários o que precisa ser feito naquela semana, você vai observar maior facilidade em resolver as pendências e focar no que realmente importa: no crescimento da sua empresa. 

O EAG Empresa Autogerenciável foi criado para ajudar donos de empresas a acabar com o caos em que seus negócios se encontram e torná-los autogerenciáveis.