Como Definir e Acompanhar Uma Meta Comportamental

É indispensável que toda empresa tenha suas metas definidas.

No entanto, muitos donos de empresa se atém a apenas algumas metas.

Como por exemplo, metas comerciais e financeiras.

E o que muitos não sabem, é que pode ser aplicada nas mais diversas áreas.

Inclusive, pode ser usada para que as pessoas vivam os valores da empresa.

E para fazer isso, é necessário definir o que chamamos de meta comportamental.

Como definir uma meta comportamental

Primeiro, você precisa identificar um comportamento que:

Você deseja que seu time desenvolva…

Ou identificou que alguma pessoa do seu time precisa desenvolver.

Após identificar o comportamento, você vai definir uma meta comportamental.

Ou seja, o que comportamentalmente essa pessoa precisa desenvolver.

Daí, você vai definir as ações para alcançar a meta.

Vou te dar um exemplo do que fazemos aqui, no EAG Empresa Autogerenciável.

Um dos nossos valores é Gratidão.

Nós definimos como meta comportamental, viver esse valor todos os dias.

E para que isso aconteça, criamos ações na empresa para que esse valor seja vivido todo dia.

E uma dessas ações é o que chamo de Positive Focus, que traduzindo, é o foco no positivo.

Então, sempre que há alguma reunião, devemos começar com o positive focus:

Cada integrante da reunião vai falar 3 coisas pelas quais ele é grato naquele dia.

Outra forma de atingir essa meta comportamental, é o Daily:

Todo dia, no nosso grupo do telegram, cada um vai escrever o seu positive focus…

E informar o que irá fazer no dia, o que fez no dia anterior, e o que aprendeu de novo.

Percebe como é algo simples e que, se praticado todo dia…

Eu terei um valor inegociável da minha empresa sendo vivenciado todo santo dia.

Então, além de definir a meta comportamental…

É necessário desenvolver ações para que a meta seja alcançada.

Como acompanhar a meta comportamental

Após definir qual meta comportamental você quer que a pessoa desenvolva…

É hora de acompanhar.

E para fazer isso, é necessário criar indicadores e observar como a meta está sendo cumprida…

Ou não.

Eu recomendo que você crie até oito indicadores.

Pois dessa forma, você consegue ter mais ações e mais dados para quantificar o comportamento.

E é através disso, que você acompanha a sua meta comportamental.

Vamos ver como se faz isso através de um exemplo.

Vamos supor que uma pessoa no seu time não é organizada.

Daí, você dá esse feedback a ela…

E traça uma meta comportamental, que nesse caso é ter Organização.

Definida essa meta, as ações que você vai criar como indicadores são:

  • -Organizar a mesa antes de começar a trabalhar;
  • – Escrever na agenda, todos os dias, o que a pessoa vai fazer durante o dia;
  • – Fazer um checklist e dar um OK em cada tarefa realizada;
  • – Conferir, ao final do dia, se todas as tarefas foram realizadas;
  • – Verificar se o poder de acabativa dela está indo bem.

Nesse exemplo, temos cinco ações.

Cada ação dessa acaba tendo um critério observável, para que você possa avaliar as ações da pessoa.

Lembrando que cada item desse, é sempre um verbo de ação.

Então, após definir os critérios que você vai observar para acompanhar a meta comportamental…

Você atribuirá uma nota de 0 a 10.

E dessa forma, você conseguirá quantificar o comportamento da pessoa…

Logo, também quantificará a meta comportamental.

Então, vamos lá:

Você explicou claramente para a pessoa o comportamento que ela precisa desenvolver;

Definiu uma meta comportamental;

Levantou ações e indicadores necessários;

Escreveu os critérios observáveis;

Deu nota para cada critério…

Agora é a hora de fazer os cálculos e identificar a nota que a pessoa teve durante o período que você observou.

Voltando ao exemplo da meta comportamental Organização…

Digamos que a pessoa tenha obtido uma nota 4.

O que você faz?

Você vai dar um feedback para a pessoa.

Vai mostrar os indicadores…

Como você mediu as ações dela…

Os critérios que foram avaliados…

E mostrar a nota que ela obteve e o porquê dessa nota.

Daí, você terá uma conversa franca com a pessoa mostrar para ela que a meta dela é sair da nota 4 e atingir uma nota 7.

Nessa hora, vale até perguntar para a pessoa:

“O que você vai fazer para atingir uma nota 7 comportamentalmente?”

Esse modo de definir e acompanhar meta comportamental não é tão intuitivo assim.

Mas é a melhor maneira de você fazer, e o funcionário ter clareza de como melhorar o próprio comportamento.

Isso que eu acabei de ensinar é uma ferramenta que a gente tem no EAG Empresa Autogerenciável.

É uma ferramenta exclusiva para quem participa da Imersão Avançada do EAG.

E eu entreguei aqui, de bandeja, a lógica por trás dessa ferramenta.

Então se você ficou curiosa ou curioso para saber mais sobre nosso programa…

Clica no botão abaixo e se inscreva para o Programa EAG Online!