2 Passos Para Escolher o Candidato Ideal

Escolher o candidato certo não é tarefa das mais fáceis.

Mas é uma das tarefas mais importantes.

Afinal, contratar errado pode fazer tão mal à sua empresa…

Podendo leva-la à ruína.

E para escolher o candidato certo, é necessário seguir esses dois passos:

Passo 1: Que perguntas devo fazer no processo seletivo?

Antes de mais nada, é preciso entender que não existe a pergunta certa.

Até porque as empresas são de nichos diferentes…

Assim como os cargos que você estão procurando alguém para ocupar, são distintos.

Logo, não existe “A Pergunta Certa”, a pergunta que vai resolver todos os problemas.

Mas a solução dos seus problemas começa na hora em que você está selecionando o candidato.

E como vivemos na era da internet, onde podemos encontrar praticamente de tudo dando um “Google”…

As pessoas buscam se preparar para as perguntas que os recrutadores fazem, geralmente.

Daí, sabendo quais perguntas são comuns nos processos seletivos, as pessoas treinam para dar a resposta que queremos ouvir.

Infelizmente, as pessoas foram – e ainda são…

Educadas a conseguirem um trabalho.

Não a buscarem o trabalho dos seus sonhos.

E se você quer escolher alguém que possa agregar e crescer junto a você e a sua empresa…

Você precisa se diferenciar para conseguir escolher o candidato ideal para o seu negócio.

Para que isso aconteça, você não precisa se ater apenas a perguntas técnicas da função do cargo.

Muito pelo contrário: você pode expandir para perguntas que investiguem o comportamento da pessoa.

Particularmente, eu gosto de fazer perguntas como:

“Me fala sobre você. Quem é você?”

A partir dessa pergunta, você pode ir direcionando a pessoa com mais perguntas, a partir do que ela contar.

Dessa forma, você consegue identificar alguns comportamentos do candidato.

Se forem comportamentos que vão de encontro com a cultura e os valores da sua empresa…

O candidato ganha mais pontos, e você terá mais dados que vão ajudar na hora de escolher o candidato ideal.

E para não ficar preso apenas nas perguntas, a sugestão que eu dou é o próximo passo.

Passo 2: Criando desafios para escolher o candidato ideal

Até aqui, entendemos que é preciso fugir do óbvio.

Afinal, isso é necessário para contratar o candidato ideal.

E para isso, só fazer perguntas diferentes não será suficiente.

É preciso que você tenha dados suficientes para escolher o candidato ideal.

Assim, uma forma de ter dados além do que a pessoa está lhe dizendo na entrevista, você pode montar um desafio.

Esse desafio pode ser criado até mesmo pela ferramenta Google Forms.

Mas para isso, você precisa ter muito claro o que será avaliado.

Vou te dar um exemplo.

Digamos que você abriu processo seletivo para o cargo de Editor de Vídeo.

O desafio que você  pode criar para os candidatos podem ser:

– Dispor de um vídeo e pedir para que os candidatos editem e envie para você;

– Solicitar que o candidato envie 3 vídeos na qual tenha editado durante sua experiência de trabalho;

– Pedir para que faça um teste, utilizando as ferramentas que você precisa que ele domine;

E por aí vai.

Há inúmeras possibilidades que você pode propor para os candidatos realizarem.

Mas é preciso ter clareza do objetivo de cada etapa do desafio, bem como um prazo para que a pessoa conclua o mesmo.

E também, deixar bem claro para os candidatos que, não entregar o desafio no prazo…

Então, automaticamente, o candidato será eliminado.

Isso porque cada etapa poderá ser eliminatória.

Após a pessoa concluir as etapas do desafio, você pode fazer uma nova entrevista…

Ou iniciar a primeira entrevista depois do desafio técnico.

Feito isso, você pode perguntar para a pessoa:

“Como foi se preparar para esse desafio?”

“O que você sentiu?”

A partir das resposta do candidato, você vai conduzindo a entrevista com essas e outras perguntas.

Dessa forma, você pode medir:

– Os esforços que a pessoa teve ou não para fazer o desafio;

– E como ela reagiu diante o desafio.

Esses são dados comportamentais que vão te auxiliar a escolher o candidato ideal.

E se você quer saber de que forma eu posso te auxiliar na sua jornada de dona ou dono de empresa…

É só clicar aqui e, depois, se inscrever para o Programa EAG Online.